NÁUTICO DESISTE DE DISPUTAR A ÚLTIMA REGATA E SPORT É CAMPEÃO

Não era bem isso que o Sport queria, conforme seus dirigentes. Preferia enfrentar o Náutico nas “espelhadas” águas do “Marco Zero”, na condição de favorito e conquistar, neste domingo (22) o Campeonato Pernambucano de Remo “Governador Eduardo Campos” na última regata de 2015.
Os alvirrubros, no entanto, mesmo com chances matemáticas de alcançarem os rubro-negros na tradicional modalidade que marca a existência das duas equipes (o Remo) preferiram, desistir de participar da disputa final da competição.
Nem mesmo os fatos de contarem com bons atletas, alguns recentemente medalhistas no recente Campeonato Brasileiro realizado em Brasília, assim como a competição – uma das mais bem disputadas dos últimos anos – ser em homenagem a um torcedor famoso, falecido prematuramente em um acidente aéreo serviram como argumento para decisão dos dirigentes do clube dos Aflitos.
Simplesmente, sem nenhuma explicação, principalmente aos seus próprios admiradores e associados, deixaram de inscrever os seus competidores. Com isso, a entidade não teve alternativa a não ser considerar o Sport Club do Recife campeão pernambucano de 2015.
A decisão, já oficializada, levou o Sport a comemorar a conquista indiscutível, considerando a atuação na última Regata, na garagem da Ilha do Retiro, onde serão entregues, neste domingo, as premiações aos vencedores, inclusive o Troféu “Eduardo Campos”.
O presidente da FPR, Ricardo Serrano, não quis comentar a atitude do Náutico, lamentando apenas que tal fato “tenha ocorrido justamente quando a modalidade está em fase de crescimento”. Já o diretor de Relações Públicas da entidade, Correa Neto, entende tratar-se de “atitudes isoladas e que o remo de Pernambuco continuará avançando“.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta